Como surgiu a internet

A rede surgiu em 1969, nos Estados Unidos. Era chamada de Arpanet, sigla para Advanced Research Projects Agency Network (Rede da Agência de Projetos e Pesquisas Avançadas), órgão ligado ao Departamento de Defesa dos Estados Unidos. Já nessa fase, a rede utilizava o protocolo de comunicação TCP/IP, que é usado até hoje.

 

Painel do primeiro processador da UCLA (Universidade da Califórnia) a transmitir uma mensagem pela Arpanet - Wikimedia Commons - Wikimedia Commons

 

Inicialmente, a Arpanet servia para interconectar redes acadêmicas e, posteriormente, militares — daí o nome "internet", aglutinação das palavras "interconnected network", ou "rede interconectada. O intuito era garantir que, mesmo sob ataque, militares e cientistas pudessem se comunicar. Vale lembrar que o mundo vivia a Guerra Fria

 

O uso global da internet começou em 1982, quando países como Holanda, Suécia e Dinamarca passaram a usar a rede. O nome também mudou, de Arpanet para internet. A rede deixou de ser restrita ao uso acadêmico, científico e militar em 1987, quando sua utilização comercial foi liberada nos Estados Unidos. Alguns anos depois, em 1992, começaram a surgir empresas provedoras de acesso à rede e, na Europa, surgiu a World Wide Web (WWW). Diferentemente do que muitos pensam, World Wide Web não é sinônimo de internet. Ela é mais uma "rede dentro da rede", um sistema composto por documentos em hipermídia - vídeos, sons, hipertextos e imagens - interligados e executados na internet

Segundo dados do site Statista, estima-se que 4,4 bilhões de pessoas são usuárias ativas da internet —o equivalente a 58% da população mundial

Enjoyed this article? Stay informed by joining our newsletter!

Comments

You must be logged in to post a comment.